ÁRVORES NÃO ÁRVORES

Olhar pela janela do meu primeiro atelier, no início da minha carreira, foi um momento inesquecível… A janela do atelier era uma tela onde eu observava o horizonte distante: uma pintura com os tons verdes dos canaviais constrastando com a terra vermelha da região. Este ambiente bucólico mudou o meu olhar.

Logo surgiram as minhas primeiras árvores com troncos e copas, os meus pássaros quase máscaras, enfim, os simulacros que me acompanham até hoje. Encantei-me com as cores e os tons terrosos da região e a partir das cinzas da cana de açúcar, desenvolvi esmaltes especiais para utilizá-los com a minha cerâmica.

Foram 4 anos de trabalhos intensos, produzindo grandes painéis de cerâmica e esculturas que se mesclavam com a natureza local.

Em 1990 abri o meu ateliê de São Paulo, na Vila Madalena, iniciando a criação de peças utilitárias e vencendo novos desafios. Agora, eu trabalhava com produção em série.

Com o passar dos anos, vi que o amor à cerâmica deu um norte e um sentido para a minha vida. Os painéis retornaram com fragmentos de cerâmica e árvores e Não Árvores foram crescendo ao meu lado.

Assim, a arte vem delineando o meu percurso: um caminho de paisagens onde a natureza me oferece ideias e vigor, para trabalhar com alma e dedicação.

MEMÓRIA DA ÁRVORE. TAJIMI CITY CULTURE CENTER, GIFU PERFECTURE, GIFU, JAPÃO – 1986.
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ 120 X 180 cm

PÁSSARO “PARECE MAS NÃO É” II, III e IV, 1988.
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ 00 X 00 X 00? cm

LE THRONE DE LA LUNE, 1986.
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA. 40 X 40 X 30 cm

O tema era o azul. O azul Bleu d’Assise. O trono ideal para uma lua azulada.

A FRAGMENTACÃO DAS MANDALAS. MUBE, MUSEU BRASILEIRO DE ESCULTURA, SÃO PAULO, S.P. – 2007.
TÉCNICA MISTA SOBRE TELA/ 100 X 100 cm

METAMORFOSE. MUBE. MUSEU BRASILEIRO DE ESCULTURA, SÃO PAULO, S.P. – 2007.
TÉCNICA MISTA SOBRE TELA/ 140 X 140 cm

Na minha exposição “A Fragmentação das Mandalas e os Códigos Vegetais”, realizada no MUBE-Museu da Escultura Brasileira, em 2007, desconstruí as minhas árvores até encontrar em suas copas, mandalas e fragmentos vegetais de um universo único e particular. E os Códigos Vegetais representaram uma nova engenharia genética que se transformava em telas e móbiles de cerâmica.

OS CÓDIGOS VEGETAIS DE NELISE OMETTO. MUBE, MUSEU BRASILEIRO DE ESCULTURA, SÃO PAULO, S.P. – 2007.
TÉCNICA MISTA SOBRE TELA/ 120 X 120 cm

MÓBILE, de OS CÓDIGOS VEGETAIS DE NELISE OMETTO. MUBE, MUSEU BRASILEIRO DE ESCULTURA, SÃO PAULO, S.P. – 2007.
TÉCNICA MISTA SOBRE TELA/ 120 X 120 cm

FLORESTA. MUBE, MUSEU BRASILEIRO DE ESCULTURA, SÃO PAULO, S.P. – 2007.
TÉCNICA MISTA SOBRE TELA/ 120 X 180 cm

ÁRVORES DA FLORESTA. GALERIA JOH MABE, SÃO PAULO, S.P. – 2012
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ VÁRIAS MEDIDAS ATÉ 18 X 18 X 18 cm

Árvore é não árvore.
Pensando assim, imaginei uma floresta liliputiana. Comecei moldando mini árvores de formas e cores variadas. Essa floresta imaginária seria infinita e continuará sempre crescendo com Árvores Não Árvores.
Criei uma serie de pequenas esculturas que denominei Horizonte com grafismos interferindo e assim trazendo para o momento atual.
Resolvi fazê-las crescer: estiquei o tronco, diminui a copa e transformei a árvore não árvore em flor não flor.

MINI ÁRVORES. GALERIA JOH MABE, SÃO PAULO, S.P. – 2012
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ 23 X 23 cm

ÁRVORE GLORIOSA. GALERIA JOH MABE, SÃO PAULO, S.P. – 2012
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ 56 X 32 X 57 cm

TRONCO DE OUTONO l / TRONCO DE OUTONO ll / FLORES DE OUTONO l.
SÃO PAULO, S.P. – 2015 CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ 42 X 16 X 11 cm

ÁRVORES DE PAPEL. SÃO PAULO, S.P. – 2015
PORCELANA/ 23 X 23 cm

NATUREZA CERÂMICA. SÃO PAULO, S.P. – 2016
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ 48 X 11 cm

COPA FLORADA. SÃO PAULO, S.P. – 2019
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ 37 X 32 X 27cm

COPA FLORADA ll. SÃO PAULO, S.P. – 2019
CERÂMICA DE ALTA TEMPERATURA/ 26 X 18 X 20 cm

CURRÍCULO

09/04/1942
Nasceu em Curitiba, PR.

1978
Mudou- se para São Paulo, SP.

1980
Inicia cursos de modelagem, esmaltação e escultura com Megumi Yuasa, em São Paulo. Permanece no ateliê do mestre durante 6 anos.
Curso “Arte Moderna e Contemporânea”, Shopping News Cursos, com Lisetta Levi.

1983
Workshop sobre técnica do Raku com Ofra Grinfeder, São Paulo, SP.
Curso de Desenho com Dalton de Lucca, São Paulo, SP.
Curso de Torno com Mestre Lelê, São Paulo, SP.
Curso “Zen-budismo e as Artes Japonesas” com Gustavo Alberto Correia Pinto, São Paulo, SP.
5º Simpósio Paranaense de Cerâmica, Curitiba, PR.
Instala seu ateliê em Iracemápolis, SP.

1984
5º Salão Paranaense de Cerâmica, Museu Alfredo Andersen, Curitiba, PR.
II Salão de Artes Plásticas de Rio Claro, SP.
II Salão de Artes Plásticas do Carmo, Atelier do Carmo, São Paulo, SP. Medalha de Bronze, Escultura.
1ª Mostra Aberta de Cerâmica-Arte, Sociedade Brasileira de Cultural Japonesa, São Paulo, SP.

1985
Workshop sobre técnica do mural com Jacques Buchholtz, São Paulo, SP.
Inicia pesquisa sobre esmalte de cinza de cana-de-açúcar.
III Salão de Artes Plásticas de Rio Claro, SP.
I Salão de Arte Contemporânea de Americana, São Paulo, SP. Medalha de Bronze, Escultura.
2ª Mostra Aberta de Cerâmica-Arte, Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, São Paulo, SP.
Exposição coletiva “Terra & Fogo”, Taguá Objetos, São Paulo, SP.

1986
Curso superior de esmaltes e massas cerâmicas, ministrado por Jorge Fernandez Chiti, da Fundación Condorhuasi, de Buenos Aires, na Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP, em São Paulo, SP.
Curso de História da Arte com Anna Dorsa, São Paulo, SP.
Curso “Cerâmica e Arte Agora”, Associação Brasileira de Cerâmica, com Lúcia Py, São Paulo, SP.
Executa o mural “Memória da Árvore”, integrado ao acervo do Tajimi City Culture Center, Gifu Perfecture, Japão.
IV Salão de Artes Plásticas de Rio Claro, SP.
7º Salão Paranaense de Cerâmica, Curitiba, PR.
Exposição coletiva “Cerâmica e Ikebana”, Toki Arte Galeria, São Paulo, SP.
3ª Mostra Aberta de Cerâmica-Arte, Centro Cultural de São Paulo, SP.
Exposição coletiva “Battery Point”, Escritório de Arte de São Paulo, SP.
Exposição coletiva “Nove Ceramistas”, Toki Arte Galeria, São Paulo, SP.

1987
Workshop “Esmaltes e Formas”, com David Miller, São Paulo, SP.
Curso “Comunicação Visual” com Prof. João Rossi, São Paulo, SP.
31º Congresso Brasileiro de Cerâmica, Brasília, DF.
8º Salão Paraense de Cerâmica, Museu Alfredo Andersen, Curitiba, PR.
Concorso Internazionale della Ceramica d’arte, Faenza, Itália.
Evento “Criatura Misteriosa”, releitura de um texto de filosofia para criança por 30 artistas contemporâneos, Espaço Cultural Yázigi, São Paulo, SP.
Salão Nacional de Arte Cerâmica, Associação Brasileira de Cerâmica, São Paulo, SP.
Exposição coletiva “ECY Cerâmica – Arte Cerâmica em exposição”, Espaço Cultural Yázigi, São Paulo, SP.

1988
4ª Mostra Aberta de Cerâmica-Arte, Paço das Artes, São Paulo, SP.
75º Salon International des Ateliers d’Art Bleu d’Assise, Paris, França.
Exposição coletiva “Artistas urbanos”, Centro Cultural Ciudad de Buenos Aires, Argentina.
Oficina de Cerâmica como projeto paralelo ECY, São Paulo, SP.
Obras catalogadas com monitoria e palestra visual em exposição permanentemente aberta ao público. Espaço Cultural Yázigi, São Paulo, SP.
Curso “Para além do espelho”, Espaço Cultural Yázigi, com Ana Lúcia Cavani Jorge, São Paulo, SP.
“Cerâmica a nível de instalação”, Espaço Cultural Yázigi, com Jean Jacques Vidal, São Paulo, SP.
Curso “Do protótipo à produção de objetos sensíveis”, Espaço Cultural Yázigi, com Prof. João Rossi, São Paulo, SP.
Evento “Parece tão estranho assim, ó…”, Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças, Espaço Cultural Yázigi, São Paulo, SP.

1989

5ª Mostra Aberta de Cerâmica-Arte, Museu de Arte Brasileira, Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP, São Paulo, SP.
Participação na elaboração de escultura monumental, liderada por Jean Jacques Vidal, Espaço Cultural Yázigi, São Paulo, SP.
Incluída no livro “Artes Plásticas Brasil 1989”, Júlio Louzada, São Paulo, SP.
Curso “O experimental como processo de trabalho”, orientado por Lúcia Py, São Paulo, SP.
Exposição coletiva “O signo expressivo da cerâmica”, Espaço FUNARTE, São Paulo, SP.
IV Salão de Arquitetura e Decoração Palácio das Convenções do Parque Anhembi, São Paulo, SP.

1990
Exposição individual “Percurso e obra de Nelise Ometto”, Espaço Cultural Yázigi Sumaré, São Paulo, SP.
Coletiva “Arte Contemporânea”, Acervo Yázigi, São Paulo, SP.
Inicia produção de peças utilitárias com mais nove ceramistas, formando o Grupo Dez.
Exposição coletiva “Grupo Dez”, Espaço Cultural Projeto, São Paulo, SP.
Inaugura Ateliê na Rua Laboriosa, Vila Madalena, São Paulo, SP.

1992
O Grupo Dez encerra suas atividades.
Nelise desenvolve sua linha de utilitários.

1995
Participa de feiras internacionais dirigidas ao público atacadista.
Curso básico de vidraria artesanal, Espaço Zero, São Paulo, SP.

2000
Exposição coletiva “Cerâmica Brasileira”, Centro Brasileiro Britânico, São Paulo, SP.
Exposição coletiva “Artesãos do Brasil” – FAAP – Fundação Armando Álvares Penteado – São Paulo, SP. A revista Casa Cláudia edita número especial sobre “Artesãos do Brasil”, com participação da artista.
Exposição coletiva “Objeto Brasil / Uniemp – 500 Anos Design”, Pinacoteca do Estado e Parque da Luz, São Paulo, SP.

2001
3º Design & Natureza, D&D, São Paulo, SP.

2002
Participa do calendário de mesa “Ceramistas”, Teça, São Paulo, SP.

2007
“A Fragmentação das Mandalas e os Códigos Vegetais de Nelise Ometto” – MuBE – Museu Brasileiro de Escultura, São Paulo, SP.

2008
Workshop de Escultura com Alexandre Fadini, Instituto de Arte Cerâmica – IAC, São Paulo, SP
Exposição coletiva “Pan Techné”, Shopping Center Iguatemi, São Paulo, SP.

2009
2º Salão Nacional de Cerâmica, Museu Alfredo Anderson, Curitiba, PR.
Exposição coletiva International Artexpo, New York, EUA.
Exposição coletiva “Eleven Times Brazil”, World Fine Art Gallery, Chelsea, New York, EUA.
Exposição coletiva Mia-Art-Fair, Estande Sciacco Studio, Miami, EUA.
Exposição coletiva “Arte Plural”, Galeria Casa Cor, Jockey Club, São Paulo, SP.
40ª Chapel Art Show, Chapel School, São Paulo, SP.

2010
Exposição coletiva SOFA – The 13th Annual Sculputure Objects& Functional Art Fair, Park Avenue Armory, Estande Sciacco Studio, New York, EUA.
Salon du Carrousel du Louvre, Société Nationale des Beaux-Arts, Paris, França.
Coletiva “Brésil, un univers de couleurs” – Artspace Galéries Paris, França.

2011
1º Encontro Internacional de Ceramistas na USP, Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, sob coordenação das professoras Norma Grinberg (ECA/USP), Cristiane Aun Bertoldi (FAU/USP) e Silvia Noriko Tagusagawa.
Exposição coletiva Mia-Art-Fair 2011, Estande Sciacco Studio, Miami, EUA.
Exposição coletiva SOFA – The 14th Annual Sculputure Objects& Functional Art Fair, Park Avenue Armory, Estande Sciacco Studio, New York, EUA
Exposição Coletiva Femmes d’Argile, Galérie L’Oeil / Unidade Brooklin, São Paulo, SP.
Exposição Coletiva – SOFA Chicago 2011 – International Sculpture Objects & Functional Art Fair, Chicago, EUA.

2012
Exposição individual no Joh Mabe Espaço Arte & Cultura, São Paulo, com lançamento do livro A Cerâmica de Nelise Ometto, de autoria de Enock Sacramento.

2015
IX Encontro de Ceramistas em Paraty – Artista Homenageada – Paraty – RJ.

2017
Mostra de Arte Cerâmica do Museu Luiz de Queiroz Escala – USP Piracicaba.
1ª Mostra de Arte Cerâmica da Fundação Romi – Santa Bárbara d’Oeste.

2018
Metamorfose – Exposição de Arte Cerâmica – Centro Universitário Maria Antonia da USP – São Paulo.
Metamorfose – Exposição de Arte Cerâmica – Pinacoteca de São Bernardo do Campo.

NELISE OMETTO

neliseometto@neliseometto.com.br
Tel.: +55 (11) 3813 2395
Rua Laboriosa, 88 – Vila Madalena
05434 060 – São Paulo, SP